Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Radio Peao Brasil Luta Sindical

Sindicalismo e movimentos sociais organizam greve geral de 14 de junho

Representantes das centrais sindicais, de sindicatos filiados, dos estudantes e de outros movimentos sociais reuniram-se no Dieese nesta segunda, 20 de maio, para reforçarem a mobilização da greve geral de 14 de junho de 2019 contra a reforma da Previdência do governo em tramitação no Congresso Nacional.

Para Miguel Torres, presidente da Força Sindical, CNTM e Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, o abaixo-assinado que está sendo levado às fábricas, bairros e praças públicas é um dos principais instrumentos do momento para mostrar aos parlamentares que a proposta é injusta, tira direitos e mantém privilégios. “A indignação popular contra os ataques aos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora está aumentando em todo o Brasil. Temos tudo então para fazer uma poderosa greve geral no próximo dia 14 de junho. A luta faz a lei”.

Diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes também se reuniu, sob a coordenação do secretário-geral Arakém, para debater a participação da categoria na luta em defesa da aposentadoria