Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Logo 9ª Copa Tabelas Completas
Pontuações Jogos Realizados
Luta Sindical

Elza de Fátima Costa Lopes – Tesoureira-Geral


Data de nascimento: 02/02/1960
Data em que se tornou sócio: 11/02/1985
Naturalidade: Cerqueira César – SP
Sindicato – 14º Andar Sala 1404
Tel: 3388.1007
Fax:  3388.1034
e-mail: elza@metalurgicos.org.br

Diretora Executiva de Finanças do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, e presidente do Centro de Atendimento Biopsicossocial Meu Guri. Nasceu em Cerqueira César, estado de São Paulo. Foi casada com Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, presidente da Força Sindical, com quem tem uma filha.

Filha de lavradores numa família constituída por 11 irmãos, Elza trabalhou na área rural até os 15 anos, quando veio para São Paulo. Seu primeiro emprego na capital paulista foi em 1984, aos 24 anos, na metalúrgica Microdigital Eletrônica. Licenciou-se da empresa em 1987 para ser assessora de diretoria do Sindicato.

Sua militância política, porém, já havia aflorado antes mesmo de pertencer ao quadro de assessores do Sindicato. Elza sempre se mostrou uma líder entre os trabalhadores da empresa onde trabalhava, foi integrante da Comissão de Fábrica e da CIPA, participou e promoveu grandes encontros e seminários entre as trabalhadoras metalúrgicas. Elza, como assessora, desenvolveu um trabalho específico para a mulher metalúrgica, para a integração e participação efetiva delas nas lutas do Sindicato.

Participou intensamente de grandes lutas e conquistas do Sindicato e de greves históricas, como na DECA, em 1989, ocasião em que o Paulinho foi preso, em defesa dos direitos do trabalhador. Em 1991, esteve presente na fundação da Força Sindical e, em 2000, do Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas, nas portas de fábricas, pela redução da jornada de trabalho e pela Participação dos Trabalhadores nos Lucros e Resultados das empresas (PLR), em diversas eleições sindicais pelo Brasil, e em tantas outras frentes de luta com vistas à construção de um País mais digno e justo.

Foi uma das principais responsáveis pela criação do Projeto Meu Guri, hoje Centro de Atendimento Biopsicossocial Meu Guri, entidade que preside e que é uma iniciativa do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, em parceria com empresários e trabalhadores, para tirar crianças das ruas, oferecendo-lhes um futuro digno e promissor. Elza foi Vice-Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Mogi das Cruzes e Região, o maior da América Latina, e, em 2004, foi eleita Diretora Executiva de Finanças da entidade com 96,2% dos votos, assumindo oficialmente esta nova função em 2005.

Nas eleições para a diretoria do Sindicato, realizadas em 2008 e 2012, Elza Pereira foi confirmada diretora de finanças.

Ajudou na coordenação do 11º Congresso dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, evento histórico para a categoria e para o movimento sindical brasileiro – reunindo 1.300 delegados sindicais, de 500 empresas, no Palácio do Trabalhador, em São Paulo, nos dias 17, 18 e 19 de junho de 2009.

Elza Pereira tomou posse como diretora de finanças do Sindicato em 19 de junho de 2009, no encerramento do 11º Congresso, para o mandato 2009/2013, com o compromisso de colocar em prática as ações de aproximação do Sindicato com a base, de mobilização da categoria e de fortalecimento da entidade.

Participou intensamente das vitoriosas Campanhas Salariais para a categoria metalúrgica em São Paulo e Mogi das Cruzes, de forma unificada com outros sindicatos no Estado de São Paulo.

Defende, junto com a diretoria, pela redução da jornada para 40 horas semanais, sem redução nos salários, para gerar emprego e mais qualidade de vida para a classe trabalhadora, por intermédio de ações no Congresso Nacional e das assembleias nas portas de fábrica, com expressiva participação em outras ações do movimento sindical unificado contra as terceirizações, pelo fim do Fator Previdenciário, em defesa da Pauta Trabalhista.

Trabalhando pela modernização do atendimento, dos serviços do Sindicato e das melhorias no patrimônio da categoria, Elza Costa coordenou as reformas do Clube de Campo em Mogi das Cruzes, da colônia de férias, em Praia Grande (atual Centro de Lazer da Família Metalúrgica), na sede do Sindicato (Palácio do Trabalhador) e da subsede em Mogi das Cruzes.

Comentários