Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Logo 9ª Copa Tabelas Completas
Pontuações Jogos Realizados
Luta Sindical

Jorge Carlos de Morais (Arakém) – Secretário-Geral

arakem.

Data de nascimento: 16/09/1957
Tornou-se sócio: 13/03/1985
Natural: São Caetano/PE
14º andar – sala 1405
Tel: 3388-1009
Fax: 3388-1035
arakem@metalurgicos.org.br

Jorge Carlos de Morais, o Arakém, nasceu no dia 16 de setembro de 1957, no município de São Caetano, em Pernambuco. É filho de Pedro Carlos de Morais e Júlia Maria de Morais. Tem cinco irmãos, quatro filhos e quatro netas.

Em São Caetano, estudou na Escola Adolfo Pereira Carneiro, no Externato Pio XII e no Colégio Luiz Coimbra, e trabalhou vendendo os bolos confeccionados por sua mãe. “Minha infância, como a de muitos garotos brasileiros, foi no universo de uma família pobre, mas muito boa, sendo que, felizmente, nunca nos faltou o que comer e vestir”, lembra Arakém.

Veio para São Paulo em 1971, onde cursou o ginasial, no Jardim São Vicente. Foi servente de pedreiro, feirante, office-boy, trabalhou em banca de jornal e uma grande indústria de brinquedos, foi carteiro e trabalhou com informações comerciais.

Em 1972, ingressou na metalúrgica Casa Radiante, depois, na Mecano Fabril e na Fanaupe. Nesta última, trabalhou de 1983 a 1987. Em 1983 tornou-se sócio do Sindicato e passou a militar no movimento sindical.

Por sua liderança, foi convidado para ser assessor de diretoria em 1987, cargo que ocupou por cinco mandatos. Foi eleito diretor do Sindicato em 2001 e reeleito em 2004. Destacou-se bastante como diretor responsável pelas ações sindicais na base do Sindicato em Mogi das Cruzes e região.

“Foi uma experiência muito importante atuar em Mogi das Cruzes. Além das lutas sindicais, participamos de ações sociais mais amplas como, por exemplo, a luta de 2008 contra a ida de um lixão pra cidade, que causaria um desastre ecológico e o fechamento de indústrias”, lembrou Arakém.

Nas eleições sindicais de 2008, foi eleito Secretário-geral do Sindicato e reeleito nas eleições de 2012.

Arakém sempre esteve à frente nas lutas e conquistas da categoria metalúrgica.

Participou da Campanha de Arrecadação e Distribuição de Alimentos aos Irmãos Nordestinos (campanha contra a fome), da vitoriosa Marcha para Brasília pelo pagamento das perdas do FGTS e pelo aumento do Salário Mínimo, da Campanha Salarial Emergencial fora da data-base, do 10º e do 11º Congresso dos Metalúrgicos de São Paulo, das Marchas da Classe Trabalhadora a Brasília e das vitoriosas campanhas salariais que têm garantido aumentos reais de salário e a manutenção e ampliação dos benefícios da categoria.

Arakém atua diretamente, junto com os diretores, de negociações com as empresas e assembleias mais polêmicas e está à frente da luta pela redução da jornada para 40 horas semanais, sem redução nos salários, para gerar emprego e mais qualidade de vida para a classe trabalhadora, nas ações para ampliar a organização dos metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e por melhorias do patrimônio da categoria.

Comentários