Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Radio Peao Brasil Luta Sindical

Justiça decreta falência da Serras Saturno


A 1ª Vara de Falências de São Paulo decretou a falência da empresa e, nesta segunda-feira, o Tribunal Regional do Trabalho marcou audiência para esta terça-feira (26), com o administração (síndico) da massa falida, para definição dos encaminhamentos.
A advogada do Sindicato Liliam Pascini informou que na audiência vai pedir a liberação das guias de saque do FGTS e do seguro-desemprego para o pessoal e, também, a rescisão contratual de todos os trabalhadores, incluindo os não registrados. O Sindicato também está propondo a venda de equipamentos da fábrica para pagamento dos direitos.
Segundo o diretor Curió e equipe (Sueli, Cordeiro e Ismael), os trabalhadores estão abalados e passando dificuldades, mas aliviados porque isto define a situação. Eles serão incluídos no processo da massa falida e o Sindicato vai orientá-los sobre a abertura das ações para recebimento das verbas rescisórias.
GREVE
Os trabalhadores da Saturno, na zona norte, estão em greve e acampados na fábrica desde 2ª feira passada vigiando maquinário e equipamentos. Curió e equipe acompanham o pessoal desde o início e, hoje, contaram com a presença e apoio da diretora Alsira e sua equipe.
“Esta é uma das consequências da crise e da falta de medidas do governo para a retomada da economia. É preciso gerar empregos e não fechar indústrias e postos de trabalho”, afirma Miguel Torres, presidente do Sindicato.