Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Radio Peao Brasil Luta Sindical

Metalúrgicos vão parar em todas as regiões nesta quinta, 29, Dia Nacional de Luta e Paralisações em Defesa dos Direitos

testeira640
Metalúrgicos de todo o País vão realizar nesta quinta, 29 de setembro, manifestações e paralisações em defesa dos direitos trabalhistas, sociais e previdenciários.

A mobilização vai marcar o Dia Nacional de Luta e Paralisações em Defesa dos Direitos, decretado pelas confederações, federações e sindicatos de metalúrgicos, independentemente de filiação a central sindical ou corrente ideológica.

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes realizará manifestações em paralisações em todas as regiões da capital e em Mogi das Cruzes.

O presidente do Sindicato e da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos/Força Sindical), Miguel Torres, irá na maioria dos locais começando pela Fame, na zona leste.

Confira abaixo os locais das manifestações:
Zona leste:
7h – concentração na Fame, na Rua Júlio de Castilhos, 418, Belém
8h30 – Concentração na Av. Jacú Pêssego, na rotatória do Carrefour, Itaquera
9h – Praça Lorenzetti com Avenida Arno (próximo à Av. Pres. Wilson), Mooca

Zona oeste:
8h – Concentração na Combustol & Metalpó, na Estrada Turística do Jaraguá, 378, Jaraguá, seguida de passeata até a Rodovia Anhanguera

Zona Sul:
Concentração a partir das 7h na Av. das Nações Unidas, 22.002, em frente à MWM e passeata até a Ponte do Socorro (Ato às 10h00)

Mogi das Cruzes:
7h – Valtra, Rua Capitão Francisco de Almeida, 695, Brás Cubas (diretor Silvio – 9.9645-7224)
7h – Engesig – Avenida Katsuji Kitaguchi, 351, Vila São Francisco

Guararema:
6h – Assembleia na Schneider Eletric – Estrada Municipal Noriko Hamada, bairro Lambari – (diretora Ester – 9.9863-7907)

Os dirigentes avaliam como graves as reformas que estão sendo propostas pelo governo federal e setores empresariais e criticam o que consideram um verdadeiro ataque aos direitos trabalhistas e sociais, bem como à organização sindical.

Para os sindicalistas, as medidas propostas vão eliminar direitos e atender tão somente os interesses da classe patronal; não vão gerar empregos nem garantir aposentadoria digna no futuro.

Diante da situação, as entidades decidiram unificar a luta pelos direitos e realizar um dia nacional de paralisação – 29 de setembro –, rumo à greve geral, contra as reformas, além de outras ações para pressionar o Congresso Nacional a derrubar os projetos que vão contra os interesses da classe trabalhadora, e denunciar os parlamentares favoráveis às reformas.

– EM DEFESA DA APOSENTADORIA, CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL
– EM DEFESA DOS DIREITOS TRABALHISTAS
– CONTRA O DESEMPREGO E A TERCEIRIZAÇÃO
– SAÚDE, EDUCAÇÃO, MORADIA E TRANSPORTE DIGNO PARA TODOS
– CONTRA O DESMONTE DA JUSTIÇA DO TRABALHO
– REDUÇÃO DA TAXA DE JUROS (SELIC)

WhatsApp Image 2016-09-28 at 08.48.41

Integram a luta:
Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos
Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região
Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá
Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul
Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região
Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí
Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos
Sindicato dos Metalúrgicos de Volta Redonda (RJ)
Sindicato dos Metalúrgicos de Santos
Federação dos Metalúrgicos do Paraná
Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba
Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (RS)
Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (GO)

Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo
Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM/CUT)
Federação dos Metalúrgicos do Rio Grande do Sul
Federação Interestadual de Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil/CTB
Federação Democrática dos Metalúrgicos de Minas Gerais/Conlutas
Federação Interestadual dos Metalúrgicos da Região Norte/CNTM
Federação dos Metalúrgicos do Estado do Rio de Janeiro/CNTM
Federação dos Metalúrgicos do Estado de Santa Catarina/CNTM
Federação dos Metal. da Interestadual Centro-Oeste (GO, MT, MS, TO, RO e DF) /CNTM
Federação dos Metalúrgicos do Nordeste /CNTM

Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM/CUT)
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM/Força Sindical)