Cortes de Dilma poderão afetar atendimento no INSS

Fernanda Brigatti e Juliano Moreira

do Agora

A drástica contenção de despesas determinada pela presidente Dilma Rousseff poderá afetar o atendimento nas agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Um comunicado encaminhado aos gestores das agências fala em cortes de 30% no Orçamento para este ano, que ainda não foi aprovado pelo Congresso.

Esse “facão” poderá afetar perícias, atendimento nos postos e criar problemas com a segurança dos servidores.

Por enquanto, está em vigor um decreto que garante somente o pagamento de despesas que não entram nos cortes orçamentários, como os benefícios do INSS.