Em passeata na Anchieta, metalúrgicos do ABC pedem desoneração da PLR

Valor

Por Valor, com agências
SÃO BERNARDO DO CAMPO – Metalúrgicos do ABC e trabalhadores de diversas categorias realizam na manhã desta quarta-feira manifestação na via Anchieta pela desoneração do Imposto de Renda (IR) na Participação sobre Lucros e Resultados (PLR).
Trabalhadores de diversas categorias realizam nesta quarta-feira (21) manifestação na via Anchieta em defesa do emprego e da produção e contra a cobrança do IR (Imposto de Renda) sobre a PLR (Participação nos Lucros e Resultados).
Os manifestantes iniciaram a passeata na porta da fábrica da montadora Mercedes-Benz, no início da manhã. O ato faz parte de uma série que começou  no ano passado, fruto de parceria entre os sindicatos dos trabalhadores bancários de São Paulo, químicos e metalúrgicos de São Paulo e do ABC, eletricitários de São Paulo e a Federação Única dos Petroleiros (FUP).
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, receberá centrais sindicais na tarde desta quarta-feira para falar sobre a desoneração da PLR. Durante a reunião também será discutida a desindustrialização, a guerra dos portos e a redução continuada da taxa de juros, segundo a Força Sindical.

 Metalúrgicos tomam as pistas da Rodovia Anchieta, em São Bernardo

Agência Estado

Cerca de 10 mil metalúrgicos do ABC participaram nesta manhã de manifestação na rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, para reivindicar o fim da cobrança de Imposto de Renda sobre a PLR (Participação nos Lucros e Resultados).
Amanhã, os bancários atrasam a abertura das agências bancárias e departamentos dos centros administrativos da região da avenida Paulista. No dia 27, representantes sindicais se reúnem em Brasília para conversar com deputados e líderes partidários e reivindicar o fim da cobrança de Imposto de Renda sobre a PLR.