Greve pelo pagamento do salário na Ariete

Paulo Segura

Assessor Donizete comandou assembleia com apoio dos coordenadores Adriano Lateri e Noel

Os companheiros da Ariete (zona leste) paralisaram as atividades na segunda-feira passada (16), por falta de pagamento dos salários, dos depósitos do FGTS, não recolhimento da contribuição previdenciária pela empresa. A greve foi aprovada em assembleia coordenada pelo assessor Donizete, com apoio dos coordenadores Adriano Lateri e Noel. O Sindicato pediu audiência judicial para garantir os direitos dos trabalhadores. A empresa tem 85 funcionários e fabrica máquinas para a indústria alimentícia