Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
1
Radio Peao Brasil Luta Sindical

Metalúrgicos da Força iniciam negociações salariais em São Paulo

folio 24102018
Reuniao sindpecas fedmetal 221018
Sindicalistas durante mesa-redonda com representantes patronais na sede da Federação

As negociações com os grupos patronais da indústria paulista começaram na segunda (22), com as primeiras mesas-redondas. Os dirigentes sindicais se reuniram, na Federação dos Metalúrgicos do Estado, em São Paulo, com as bancadas do Sindipeças (peças automotivas), Siamfesp (fabricantes de artefatos de metais não ferrosos), Sinafer (artefatos de ferro e ferramentas) e Simefre (equipamentos ferroviários e rodoviários).

Segundo Jorge Carlos de Morais (Arakém), secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, logo no primeiro encontro os empresários sinalizaram que pretendem tirar proveito dos retrocessos da nova lei trabalhista.

“Os patrões apresentaram uma lista com itens que gostariam de modificar em nossa Convenção Coletiva. Eles querem liberar a terceirização, a homologação fora do Sindicato e o trabalho de grávidas em locais insalubres, entre outros retrocessos”, conta.

Arakém disse à Agência Sindical que a insensibilidade patronal ameaça ainda cláusulas que protegem os metalúrgicos em caso de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho.

Direitos – Para o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região, Josinaldo José de Barros (Cabeça), ante a avidez empresarial, o principal foco da campanha salarial deve ser preservar a Convenção Coletiva de Trabalho.  “Mais uma vez, as negociações serão muito complicadas. O patronato quer retirar direitos e não podemos permitir isso. A Convenção resguarda o trabalhador”, avalia.

Negociação – Coordenada pela Federação da categoria, a campanha é desenvolvida em todo o Estado por 52 Sindicatos. Juntos, eles representam cerca de 700 mil trabalhadores nos diversos seguimentos da indústria. A pauta de reivindicações foi entregue aos grupos patronais dia 27 de setembro, na Fiesp (federação patronal).

Nesta quarta (24), os metalúrgicos voltam a se reunir com os empresários, a partir das 10 horas, na sede da Federação.

Mais informações: fedmetalsp.org.br