Protesto em Florianópolis contra a desindustrialização

Cerca de 400 manifestantes da Força Sindical e do setor empresarial protestaram na tarde desta quarta-feira, 28 de março, contra a desindustrialização no Estado.

A manifestação integra o movimento “Grito de Alerta em Defesa da Produção e do Emprego” e começou às 15h, na Praça Tancredo Neves, em frente à Assembleia Legislativa, em Florianópolis.

O protesto pretende chamar a atenção do governo para temas como o câmbio hipervalorizado, os altos juros, excessiva carga tributária, e a infraestrutura cara e insuficiente no País. Participaram da manifestação caravanas de Blumenau, Brusque, Itajaí e Criciúma. Houve a presença de membros da Fiesc, Abimaq e Nova Central Catarinense de Trabalhadores de Santa Catarina, entre outras entidades.

Os manifestantes entregaram a pauta do movimento ao governador Raimundo Colombo e ao presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merisio. “O Grito de Alerta em Defesa da Produção e do Emprego” começou em Porto Alegre, 26 de março, e será realizado em Curitiba (3 de abril), São Paulo (4 de abril), Manaus (13 de abril), Brasília (10 de maio) e em outras cidades e regiões do País (datas ainda não agendadas).

Estiveram presentes: Paulinho, presidente da Força Sindical, Juruna, secretário-geral, Tadeu Morais, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Valdir Pereira, diretor do Sindicato.

Paulinho comenta: “O movimento Grito de Alerta é o reforço de uma luta que o movimento sindical traz há vários anos em prol de uma política econômica mais progressista, que diminua os juros da economia e garanta mais desenvolvimento e empregos ao País”.

Miguel Torres, presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, ressalta: “Esta união de trabalhadores e empresários é crucial para exigirmos mudanças nos rumos da economia do País”.


Próximos atos

03 de abril: Paraná – Curitiba
Horário: 14h
Local: em frente a Bosh
Endereço: Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 1800

04 de abril: São Paulo
Horário: 10h
Local: Estacionamento da Assembleia Legislativa
Endereço: Av. Pedro Alvares Cabral, 201

13 de abril: Manaus
Horário: 18h
Local: Arena Povos da Amazônia
Endereço: Distrito Industrial

10 de maio: Brasília

Os atos no Nordeste e em outros estados ainda serão agendados

Clique aqui e saiba mais

Fontes: Força Sindical, Força Sindical/SC e
Assessoria de Imprens do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo