Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Logo 9ª Copa Tabelas Completas
Pontuações Jogos Realizados
Luta Sindical

Unidade metalúrgica avança na definição de ações conjuntas pelos direitos

14 de setembro será Dia Nacional de Luta, Manifestações
e Greves pelos Direitos

fotos paulo segura

Reunidos nesta sexta-feira (11), na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi, representantes de entidades sindicais metalúrgicas de várias bases aprovaram um calendário de ações conjuntas em defesa dos direitos e de resistência à aplicação da legislação trabalhista (reforma) aprovada no Congresso Nacional.

O calendário estabelece o lançamento da “unidade metalúrgica” no próximo dia 22 e uma reunião mais ampla com entidades representantes de outras categorias ligadas à indústria; a realização de um dia nacional de luta do setor metalúrgico, em 14 de março, e uma plenária ampliada, do setor metalúrgico com outras categorias em 29 de setembro.

“A unidade de ação é fundamental para o processo de resistência. Não estamos pensando apenas na categoria metalúrgica, mas em toda a classe trabalhadora aviltada por estas reformas. Temos que pensar no desenvolvimento econômico para a retomada do crescimento do País, geração de emprego e renda”, afirmou Miguel Torres,a presidente do Sindicato e da CNTM.

As ações vão coincidir com o andamento das campanhas salariais dos metalúrgicos, e também de outras categorias, neste segundo semestre. As entidades assumiram o compromisso de apoio mútuo às campanhas para o enfrentamento das negociações e a garantia da renovação das convenções coletivas de trabalho com todos os direitos e benefícios.

As entidades estão elaborando publicações conjuntas a serem distribuídas aos trabalhadores nas bases, falando da importância dessa unidade do setor, da luta de resistência pelos direitos, destacando pontos da reforma trabalhista que prejudicam os trabalhadores e tiram o poder de negociação dos sindicatos, único instrumento de defesa dos interesses e dos direitos da classe trabalhadora, e convocando para as manifestações e greves que serão realizadas.

Entidades participantes
Participaram da reunião
CNTM/Força Sindical
CNM/CUT
Federação Democrática dos Metalúrgicos de Minas Gerais
FEM/CUT
FemetalMinas
FITMETAL/CTB
Intersindical
CSP/Conlutas
Sindicatos Metalúrgicos de: São Paulo/Mogi das Cruzes, ABC, Osasco, Guarulhos, Campinas, Jaguariúna, Santo André/Mauá, São José dos Campos, Limeira, São João Del Rei, Itajubá/Paraisópolis, Santos, Carlos Barbosa, Itatiba e Betim
Marcos Verlaine, analista político do Diap;
João Guilherme Vargas Neto, consultor sindical

Matéria anterior

Comentários