Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Logo 9ª Copa Tabelas Completas
Pontuações Jogos Realizados
Luta Sindical

Departamento Jurídico Previdenciário

O Departamento Jurídico Previdenciário do Sindicato oferece assistência e orientação para os associados obterem junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) os seguintes benefícios:

  1. Assistência para aposentadoria por tempo de contribuição
  2. Assistência para aposentadoria especial
  3. Assistência para aposentadoria por idade
  4. Orientação sobre auxílio-doença previdenciário
  5. Orientação sobre auxílio-doença acidentário
  6. Orientação sobre auxílio acidente
  7. Assistência para auxílio reclusão
  8. Assistência para pensão por morte
  9. Orientação sobre pensão por morte acidentário

Atendimento
De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.
Após este horário, o trabalho do Departamento é externo, para acompanhamento dos processos nos tribunais.

Telefone
3388-1225

Endereço
Rua Galvão Bueno, 782, 7º andar – Liberdade


Comentários

  • Carlos Eduardo. 21/06/2016 14:27

    Boa tarde!
    Estava afastado há 6 meses, com LER nos dois punhos. Aguardando perícia. O perito deu como indeferido, pois não apresentei a CAT.
    Hoje passei por consulta, com médico do trabalho do Sindicato para solicitar a CAT. Preciso recorrer do INDEFERIMENTO junto à Previdência.
    O advogado previdenciário do sindicato é quem vai me ajudar neste processo? No aguardo.

    • Resposta do Sindicato: Caro Carlos Eduardo, o advogado do Sindicato pode orientá-lo na questão. Talvez vc possa entrar com recurso diretamente no INSS, apresentando nome do órgão ao qual ele é endereçado;
      nome do segurado; a identificação do segurado (CPF e NIT); endereço completo do recorrente (para envio de correspondência); motivo do recurso (indeferimento, cessação, suspensão); razões do recurso (exposição dos motivos que sustentam o direito do recorrente). Se o recurso for contra uma decisão do INSS ele deverá ser dirigido à Junta de Recursos do CRPS. Se for contra uma decisão da Junta de Recursos ele deverá ser dirigida à Câmara de Julgamento do CRPS. O advogado sindical pode ajudá-lo. Sucesso!

  • Celio Sposito 11/12/2015 17:08

    A empresa que trabalho ira encerrar as atividades logo em breve, e serei demitido.
    Já trabalho nesta firma há mais de 18 anos.
    Ainda não adquiri a idade para aposentadoria, mas já o tempo de contribuição para tal,
    Como devo proceder neste caso para aposentadoria integral?

    • Resposta do Sindicato: Caro Célio, se a empresa é metalúrgica e está localizada em São Paulo (capital) ou em Mogi das Cruzes, procure o diretor ou assessor do Sindicato responsável pelo trabalho sindical junto à sua empresa e informe a situação. Vc também pode procurar o Departamento Jurídico do Sindicato para obter todas as informações que precisa. Faça isso com urgência para não se prejudicar. O Sindicato estará de férias coletivas de 21 de dezembro/15 até 10 de janeiro/16. Procure fazer isso antes desse período. Abraço

  • Afonso Marcos Donnarumma 17/11/2015 13:26

    Boa tarde.
    Seria possível fornecer uma cópia do acordo com o sindicato sobre a estabilidade de emprego em vias de aposentadoria?

    Grato

    Afonso

    • Resposta do Sindicato: Caro Afonso, pedimos que entre em contato com o departamento jurídico para pedir uma cópia da convenção coletiva. O telefone é 3388-1200

  • TODOS,
    Taxa FGTS (julgamento TR)
    Poderíamos organizar um ato na sede do governo “pacificamente” reivindicando os nossos direitos, quantos irmãos já morreram e não viram a cor desse R$, é nosso de direito!
    Fica a DICA

  • Caros,
    FGTS (taxa referencial)
    Referente essa ação, gostaria de saber se vocês teriam alguma novidade, dei entrada em agosto/14 e até o momento não obtive retorno, assim como eu milhões de brasileiros precisam desse R$ que é nosso de direito!
    Aguardo retorno,

    • Resposta do Sindicato: Caro Fabrício, as ações impetradas estão agora dependendo de decisão judicial. O Sindicato acompanha os processos e, paralelamente, vem pressionando os parlamentares a aprovar outras propostas que venham a garantir a correção dos saldos das contas, estamos na luta, por exemplo, pela mudança na correção dos saldos das contas do FGTS, que vêm sendo corrigidas abaixo da inflação.

  • Oraldo S. Paiva 25/03/2015 09:27

    Caros Companheiros
    Trabalhei por 15 anos na base do sindicato de 1970 a 1985, hoje estou em Minas Gerais. Estou levantado documentos para aposentar. E essa é a razão do meu contato, gostaria de saber como faço para obter o PPP das empresas que trabalhei aí na base do sindicato. Terei que ir á São Paulo e procurar as empresas? o Sindicato pode me ajudar? Outra pessoa pode obter esses documentos para mim?
    Portanto, gostaria que voces me orientassem.
    Fico no aguardo, e agrdeço desde já a sua atenção e me despeço com saudações sindicais.
    Oraldo Paiva

    • Resposta do Sindicato: Caro Oraldo, assuntos relacionados ao PPP, aposentadorias e outros do gênero não fazem parte da rotina de trabalho do Departamento de Segurança e Saúde do Trabalhador, do Sindicato, principalmente quando se tratar de empresas em falência ou recuperação judicial (antiga concordata) etc. Nestes casos, sugerimos que o trabalhador procure o Depto. Jurídico (3388-1200) para o atendimento satisfatório. Sem mais, ficamos à disposição para quaisquer outros assuntos no âmbito da saúde do trabalhador.