Fale com o Presidente Miguel Torres
11 3388.1073 Central de Atendimento 11 3388.1073
Logo 9ª Copa Tabelas Completas
Pontuações Jogos Realizados
Luta Sindical

Departamento Jurídico Previdenciário

O Departamento Jurídico Previdenciário do Sindicato oferece assistência e orientação para os associados obterem junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) os seguintes benefícios:

  1. Assistência para aposentadoria por tempo de contribuição
  2. Assistência para aposentadoria especial
  3. Assistência para aposentadoria por idade
  4. Orientação sobre auxílio-doença previdenciário
  5. Orientação sobre auxílio-doença acidentário
  6. Orientação sobre auxílio acidente
  7. Assistência para auxílio reclusão
  8. Assistência para pensão por morte
  9. Orientação sobre pensão por morte acidentário

Atendimento
De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.
Após este horário, o trabalho do Departamento é externo, para acompanhamento dos processos nos tribunais.

Telefone
3388-1225

Endereço
Rua Galvão Bueno, 782, 7º andar – Liberdade


Comentários

  • juan baca lozano 16/01/2017 17:13

    Boa tarde
    Desejo manifestar os meus agradecimentos ao Dr Ademar do 7o andar pelo excelente atendimento e tambem pelos esclarecimentos diretos e reais sobre el aumento de mais de 300 % no plano de saude da empresa que eu mantinha como aposentado e que pagava mensalmente. Eu estava iludido de que não poderia acontecer uma coisa destas.

    Agradeço tambem a Srta Carol pela gentileza no atendimento
    O Sindicato está de parabens porque nestes momentos quando estamos fragilizados é bom uma boa orientação nem que seja para mostrar o mundo real que não é o mais justo

  • Prezados, gostaria de sugerir que os sindicatos, associações de classes em síntese os representantes dos trabalhadores desse país, divulgassem através das redes sociais, outdoor, sites e outros meios de comunicação os deputados que votaram a favor da admissibilidade da reforma da previdência e informassem a população do estado de origem dos mesmos que eles são as pessoas que estão indo contra os trabalhadores desse país.

    Colocar um outdoor, no Estado de origem, mais precisamente no CURRAL ELEITORAL do dePUTAdo, com foto e dizendo que ele votou pela admissibilidade da reforma da previdência como está e que na visão dos trabalhadores ele está indo contra os nossos interesses. Poderia ser algo parecido, mas A IDEIA CENTRAL SERIA EXPOR EM SEU CURRAL ELEITORAL ESSE DEPUTADO.

    iSSO NÃO É ILEGAL, pois ele é uma figura eleita do povo e todos temos que saber o que eles estão fazendo.

    Atenciosamente.

  • Carlos Eduardo. 21/06/2016 14:27

    Boa tarde!
    Estava afastado há 6 meses, com LER nos dois punhos. Aguardando perícia. O perito deu como indeferido, pois não apresentei a CAT.
    Hoje passei por consulta, com médico do trabalho do Sindicato para solicitar a CAT. Preciso recorrer do INDEFERIMENTO junto à Previdência.
    O advogado previdenciário do sindicato é quem vai me ajudar neste processo? No aguardo.

    • Resposta do Sindicato: Caro Carlos Eduardo, o advogado do Sindicato pode orientá-lo na questão. Talvez vc possa entrar com recurso diretamente no INSS, apresentando nome do órgão ao qual ele é endereçado;
      nome do segurado; a identificação do segurado (CPF e NIT); endereço completo do recorrente (para envio de correspondência); motivo do recurso (indeferimento, cessação, suspensão); razões do recurso (exposição dos motivos que sustentam o direito do recorrente). Se o recurso for contra uma decisão do INSS ele deverá ser dirigido à Junta de Recursos do CRPS. Se for contra uma decisão da Junta de Recursos ele deverá ser dirigida à Câmara de Julgamento do CRPS. O advogado sindical pode ajudá-lo. Sucesso!

  • Celio Sposito 11/12/2015 17:08

    A empresa que trabalho ira encerrar as atividades logo em breve, e serei demitido.
    Já trabalho nesta firma há mais de 18 anos.
    Ainda não adquiri a idade para aposentadoria, mas já o tempo de contribuição para tal,
    Como devo proceder neste caso para aposentadoria integral?

    • Resposta do Sindicato: Caro Célio, se a empresa é metalúrgica e está localizada em São Paulo (capital) ou em Mogi das Cruzes, procure o diretor ou assessor do Sindicato responsável pelo trabalho sindical junto à sua empresa e informe a situação. Vc também pode procurar o Departamento Jurídico do Sindicato para obter todas as informações que precisa. Faça isso com urgência para não se prejudicar. O Sindicato estará de férias coletivas de 21 de dezembro/15 até 10 de janeiro/16. Procure fazer isso antes desse período. Abraço

  • Afonso Marcos Donnarumma 17/11/2015 13:26

    Boa tarde.
    Seria possível fornecer uma cópia do acordo com o sindicato sobre a estabilidade de emprego em vias de aposentadoria?

    Grato

    Afonso

    • Resposta do Sindicato: Caro Afonso, pedimos que entre em contato com o departamento jurídico para pedir uma cópia da convenção coletiva. O telefone é 3388-1200

  • TODOS,
    Taxa FGTS (julgamento TR)
    Poderíamos organizar um ato na sede do governo “pacificamente” reivindicando os nossos direitos, quantos irmãos já morreram e não viram a cor desse R$, é nosso de direito!
    Fica a DICA

  • Caros,
    FGTS (taxa referencial)
    Referente essa ação, gostaria de saber se vocês teriam alguma novidade, dei entrada em agosto/14 e até o momento não obtive retorno, assim como eu milhões de brasileiros precisam desse R$ que é nosso de direito!
    Aguardo retorno,

    • Resposta do Sindicato: Caro Fabrício, as ações impetradas estão agora dependendo de decisão judicial. O Sindicato acompanha os processos e, paralelamente, vem pressionando os parlamentares a aprovar outras propostas que venham a garantir a correção dos saldos das contas, estamos na luta, por exemplo, pela mudança na correção dos saldos das contas do FGTS, que vêm sendo corrigidas abaixo da inflação.

  • Oraldo S. Paiva 25/03/2015 09:27

    Caros Companheiros
    Trabalhei por 15 anos na base do sindicato de 1970 a 1985, hoje estou em Minas Gerais. Estou levantado documentos para aposentar. E essa é a razão do meu contato, gostaria de saber como faço para obter o PPP das empresas que trabalhei aí na base do sindicato. Terei que ir á São Paulo e procurar as empresas? o Sindicato pode me ajudar? Outra pessoa pode obter esses documentos para mim?
    Portanto, gostaria que voces me orientassem.
    Fico no aguardo, e agrdeço desde já a sua atenção e me despeço com saudações sindicais.
    Oraldo Paiva

    • Resposta do Sindicato: Caro Oraldo, assuntos relacionados ao PPP, aposentadorias e outros do gênero não fazem parte da rotina de trabalho do Departamento de Segurança e Saúde do Trabalhador, do Sindicato, principalmente quando se tratar de empresas em falência ou recuperação judicial (antiga concordata) etc. Nestes casos, sugerimos que o trabalhador procure o Depto. Jurídico (3388-1200) para o atendimento satisfatório. Sem mais, ficamos à disposição para quaisquer outros assuntos no âmbito da saúde do trabalhador.